Gracie Barra Brasil

Jiu-Jitsu for Everyone
Gracie Barra wear
Search

GB Entrevista: GB Cataguases, de cara nova!

No início do século XX, a profissão de professor de jiu-jitsu era algo nada promissor. As pessoas não tinham conhecimento sobre a arte suave, o que tornava muito difícil encontrar alunos dispostos a pagar pelas aulas. Naquele tempo essa dura realidade foi vivida pelo próprio Grande Mestre Carlos Gracie ao desbravar o Brasil para ensinar o seu esporte.

Embora a escassez de interessados predominasse, as poucas pessoas que davam valor ao que Carlos Gracie tinha para ensinar eram os integrantes da Polícia. A primeira oportunidade para o pai do jiu-jitsu ministrar as suas primeiras aulas (fora do ambiente familiar) veio a convite da Polícia Militar do estado de Minas Gerais. 

Naquela época o Grande Mestre não poderia imaginar o tamanho da proporção que o jiu-jitsu ganharia tanto em Minas (por onde ficou por 3 anos), quanto no mundo. Um século depois, a realização do sonho de Carlos Gracie continua acontecendo e a cada dia mais ganha força através das + 600 escolas Gracie Barra espalhadas pelo mundo.

Hoje o estado que “abriu as portas” ao Grande Mestre é sede de mais de 30 escolas Gracie Barra! Entre elas está a GB Cataguases. Sob liderança do faixa preta 4º grau, Ricardo Caetano, a unidade está de cara nova. Há 4 anos representando o escudo vermelho da GB, vamos conhecer um pouco mais sobre a história desse casca grossa e do trabalho desenvolvido na região em torno da missão Jiu-Jitsu Para Todos.


[GB Brasil] 
1- Por trás de um faixa preta há uma longa jornada, como e quando você conheceu a arte suave?

[Profº Ricardo Caetano] Comecei a treinar jiu jitsu em 1987 aos 16 anos de idade em minha cidade natal que é Teresópolis, com o mestre Adilson Lima (Bitta), o qual sou grato por ter me apresentado esta arte. Desde então nunca mais parei de treinar até conquistar minha faixa preta aos 27 anos, hoje sou faixa preta 4° grau da gracie barra reconhecido pela confederação brasileira de jiu jitsu.

 

1.1- Sempre presente no mundo desportivo, conte-nos os seus principais títulos.

Campeão brasileiro de jiu jitsu sem kimono – 2009, 2012, 2013, 2015, 2016

Vice campeão brasileiro de jiu jitsu sem kimono – 2011

Campeão internacional master e senior – 2002, 2008, 2013

Campeão braseleiro de jiu jitsu com kimono – 2009

Terceiro lugar brasileiro com kimono –  2016

Campeão Abudhabi Word Profissional jiu jitsu – 2013

 

1.2-  Espelhados em você, seus alunos (as) já experimentaram participar de campeonatos?

Sim. Já temos vários medalhistas em nossa escola.

 

 

2- Conte nos como nasceu o sonho de ter a sua própria escola Gracie Barra.

Fui fazer um treino na Gracie Barra Matriz, a convite do grande amigo Jefferson Moura, o qual me concedeu a honra de fazer parte desta grande escola. Ele me deu e vem me dando suporte até hoje para que possa manter minha escola dentro das normas e levar o Jiu-Jitsu Para Todos.

 

2.2-  Recentemente a GB Cataguases passou por uma grande reforma. Visualmente mais bonita, qual foi o principal objetivo dessa reforma?

Trazer uma melhor qualidade de espaço físico de treino para os alunos (as) e ficar 100% dentro do padrão Gracie Barra.

GB Cataguases – MG

 

3- Quais os principais desafios enfrentados por você como dono de escola e professor.

Acho que um dos maiores desafios de um professor da Gracie Barra é manter a irmandade dentro da academia. Até hoje venho tendo sucesso com isso, desde que entrei para GB esse desafio vem se tornando mais fácil, devido ao suporte que temos através de cursos, encontros, palestras, etc.

 

 

4- Quais as expectativas para o futuro da sua escola?

Fazer com que o jiu jitsu GB abranja cada vez mais famílias dentro da minha cidade e região, assim concedendo a elas o bem estar físico e mental.

 

5- Deixe um recado para aqueles que querem fazer da missão JIU-JITSU PARA TODOS seus sonhos.

Acreditem, lutem, nunca desistam de seus sonhos! Eu achava que o meu sonho de me tornar parte da família GB era impossível. Hoje estou aqui sendo reconhecido como professor e proprietário de uma das maiores escolas de jiu jitsu do mundo. Devo e agradeço ao Professor Jefferson Moura, pela confiança e por ter acreditado no meu trabalho. Obrigado, família Gracie Barra por tudo. Oss!

Deixe uma resposta