Gracie Barra Brasil

Jiu-Jitsu for Everyone
Gracie Barra wear
Search

Cuidar da Mente é Jiu-Jitsu: O que um faixa branca precisa aprender para ser um bom faixa preta no futuro?

Faixa branca, a fase da empolgação, onde o controle da força está longe de fazer parte da vida do iniciante da arte suave. Horas assistindo videoaulas de técnicas rebuscadas para poder chegar no treino e surpreender na hora do específico ou do rola. Mas será que todo aluno que faz parte deste perfil de iniciante será um faixa preta de sucesso?

Como toda e qualquer fase de aprendizado, estamos sempre sujeitos a erros e acertos. Contudo, persistir no erro não é lá a melhor das opções. Na faixa branca  passamos por isso tudo de maneira inocente, mas sonhando sempre com o dia que a faixa preta chegará.

Certa vez o Mestre Carlos Gracie Jr, em um de seus discursos, falou: “Um faixa preta nada mais é do que um faixa branca que nunca parou de treinar”. Palavras do Mestre que se encaixam perfeitamente à jornada da vida na arte suave. Durante a caminhada até a preta, serão muitas as lições. Mas como evitar que os erros virem costume e, consequentemente, acabem atrapalhando na sua formação como faixa preta? Os 4 pontos mais importantes que devem ser trabalhados nessa fase do bjj são:

IMG_58781- Aprender a ouvir: No início a empolgação ao aprender, muitas vezes se confunde com afobação. Quando o aluno está (ou é) afobado, ele não consegue ouvir os conselhos passados pelo professor. Mais tarde isso poderá a vir atrapalhá-lo, principalmente, se o mesmo pensar em competir.

2- Não deixar o jiu-jitsu subir a cabeça: Normal que ao aprender técnicas de defesa pessoal, você queira demonstrá-la para seus amigos. Até ai tudo bem. O que não pode acontecer é o indivíduo querer arrumar briga para tentar colocar o aprendido em prática (verdadeiro caso das noitadas).

3- Respeitar: Desde o faixa branca ao preta, dentro ou fora dos tatames, o respeito sempre será o mesmo para todos. Este é um dos pilares que contribuirão na formação do seu caráter como ser humano e praticante da arte suave.

4- Cuidado com ego: Elogios fazem parte de um bom rendimento nos tatames, mas eles não suprem todas os seus aspectos a serem trabalhados. Acertou hoje, busque trabalhar seus prontos fracos também. Afinal, um lutador completo é versátil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *