Gracie Barra Brasil

Jiu-Jitsu for Everyone
Gracie Barra wear
Search

GB ENTREVISTA: De Instrutores a Donos de Escola – A história da GB Balneário Camboriú

Como é que nasce o sonho de se tornar dono da sua própria GB? Na verdade, há alguns anos atrás, quem buscava aprender a arte suave tinha como primeiro objetivo aprender a lutar, perder alguns quilos extras para competir. Viver do jiu-jitsu era o último pensamento de qualquer atleta. Ainda bem que “era”, porque hoje, a realidade dessa linha de pensamento mudou.

Como qualquer outro adolescente da década de 90, esse também era o pensamento que Lucas Flores compartilhava ainda no seu primeiro contato com a arte suave em Porto Alegre-RS. Em 1998, após tornar-se membro oficial da Gracie Barra, Lucas fez dos campeonatos desafios cada vez mais presentes em sua vida, alcançando títulos expressivos e contribuindo para o crescimento do coletivo da Gracie Barra.

Entre vitórias e aprendizados, Lucas Flores acompanhou de perto a transição entre as gerações de professores e atletas com quem dividiu o tatame ao longo da sua trajetória. Uma experiência que o permitiu a iniciar o seus primeiros passos como professor. Primeiro o gaúcho começou puxando os treinos como instrutor faixa roxa nos currículos GBK e Fundamental.

Aulas, treinos e campeonatos, aos poucos uma nova linha de pensamento começava a nascer dentro da Gracie Barra e, consequentemente, em Lucas. Dentro dessa transformação sobre a perspectiva que o jiu-jitsu poderia o proporcionar, uma outra relação nasceu e dela um casamento com a hoje sua esposa/instrutora faixa roxa, Silvana Flores.

Juntos, eles cresceram ainda mais. Ambos se tornaram referência na unidade que treinavam, tanto no
cenário desportivo quanto acadêmico, gerando assim um ambiente de irmandade por onde passavam. Essa dupla dinâmica aos poucos ganharam credibilidade e mostraram que o propósito “Jiu-Jitsu Para Todos” se tornou a missão das suas vidas… Trazendo ainda mais pessoas a prática da arte suave.

Estimular na comunidade ao seu redor o amor pela arte suave, despertou neles o sonho de terem a sua própria escola Gracie Barra. Um desejo que após 10 meses e muita dedicação resultaram na GB Balneário Camboriú com 100% da padronização exigida e metodologia GB aplicadas.

A unidade inclui aulas exclusivas para o público infantil (GBK), feminino (Jiu Jitsu para Mulheres), e para alunos acima dos 40 anos
(Jiu Jitsu para Melhor Idade), além do programa Barra Fit. Há um pouco mais de um ano, aos poucos vem superando os desafios do preconceito gerado no passado em torno do Jiu Jitsu, como contou o faixa preta Lucas Flores, “O público feminino ainda tem certa resistência em colocar o kimono e fazer uma aula de jiu jitsu, mas tendo na escola a instrutora Silvana Flores, fica mais fácil criar o interesse e vontade de praticar o nosso esporte. Outra forma que ajuda muito na inclusão das mulheres na escola é o currículo Barra Fit. Almejamos um futuro promissor para formação de novas praticantes e competidoras da Gracie Barra”.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *